O meu passatempo é o colecionismo de Banda Desenhada franco-belga, de preferência em formato álbum, e para ajudar a quebrar o mito que a mesma é apenas para crianças, realço que com a idade tenho-me tornado um bedéfilo cada vez mais dependente!

Apesar de hoje em dia existir cada vez mais informação sobre a 9.ª arte, decidi disponibilizar a listagem dos meus álbuns, que não é mais do que uma tabela com informação que considerei pertinente, indicando: colecção, título do álbum, desenhador, argumentista, editora, ano de edição, n.º de página, cor ou P&B.

Com a consciência da oferta de muitas horas de trabalho sobre a listagem, este meu gesto é uma  oferta para todos os bedéfilos de língua portuguesa. Espero  que seja também um auxílio a outros colecionadores e interessados em BD, pois o nosso mercado editorial é a verdadeira miséria em termos de coerência, para não mencionar nas coleções incompletas ou com números editados por mais que uma editora, enfim… mas é o que temos !

Download da listagem de álbuns de Banda Desenhada do Fernando Pau-Preto (DEZ. 2016). A título de curiosidade, gostaria de informar que o download mais vezes efetuado neste site, é precisamente a listagem dos álbuns de BD ! Para troca de impressões, contacte-me.

 .

CRÓNICAS DE BANDA DESENHADA

Cidade por Gimenez e Barreiro, Newsletter APPLA, N.º 1, Setembro de 2014.

A cidade que não existia  por Bilal e Cristin, Jornal Planeamento e Cidades online  Junho de 2012,  seção Cultura.

As grandes urbes das cidades obscuras, Jornal Planeamento e Cidades N.º 25, de Julho/Agosto de 2011, Página 39.

A teoria do grão de areia, Jornal Planeamento e Cidades N.º 23, de Novembro/Dezembro de 2010, Página 28.

 O universo paralelo das cidades obscuras de François Schiten e Benoit Peeters, Jornal Planeamento e Cidades N.º 20, de Janeiro/Fevereiro de 2010, Página 21.